Entre Quatro Paredes e Nada Mais LIVRO

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Empresário pagará pensão a idoso visto chorando, sem aposentadoria

A foto abaixo é comovente. Não há como não se sensibilizar com um idoso chorando por não ter conseguido receber aposentadoria após ter ficado na fila 4 bancos. Ele caiu em desespero por não receber seus 120 euros semanais, menos de 500 reais.




Tirada este mês, a foto de Giorgoos Chatsifotiadis, de 77 anos – nascido na Grécia – correu o mundo e sensibilizou um grande empresário de Sidney, na Austrália. O idoso é uma das vítimas da crise econômica na Grécia.
O empresário James Coufos, contou ter recebido uma ligação de sua mãe, aos prantos, dizendo que um amigo do falecido pai do empresário, dos velhos tempos de escola, estava necessitando muito de ajuda.Era justamente o idoso da foto. 
O empresário postou a foto de Giorgos nas redes sociais e pediu ajuda, contando um pouco da sua história para tentar localizá-lo.
“Peço a todos os meus amigos do Facebook para nos ajudar a controlar este homem … por favor urgente! Este homem é um velho amigo de escola do meu falecido pai! A Gap Finance vai pagar uma pensão a mais para este homem por quanto tempo for necessário !!”
James Coufos disse que esta ajuda era o que o pai dele gostaria que fizesse.Logo depois disso, o empresário recebeu 5 mil euros – quase 20 mil reais – das pessoas querendo ajudar o idoso.
Foto: Reprodução Facebook/Getty Image

domingo, 26 de junho de 2016

Quando O Segundo Sol Chegar.... No Wattpad!



Disse um sábio: " Livre arbítrio é plantar o que bem quisermos. Justiça é colher exatamente o que se plantou." Velkan Kobak é um homem que sabe exatamente o que quer para sua vida. Dedicou metade dela em prol de uma meta que chamou de "Meu Plano Maior." Um homem tenebroso...Enegrecido...Cruel... Dieglê Sued é musicista. Violoncelo e o piano são suas maiores paixões. Uma moça bem educada, mas com um passado perturbador. Dieglê Sued e Velkan Kobak Tem passados muito semelhantes. Porém num espaço no tempo foram deixados para que em algum momento vivessem seus Destinos lado a lado. A música os conduz. Ele é um homem de quarenta anos de idade, entretanto que oculta segredos avassaladores de sua índole devido uma única razão:Vingança. Dieglê é uma moça de vinte e um anos de idade que embora tenha aparência singela, é na verdade uma mulher muito corajosa e intrépida. Até onde o Destino os levará? Romance... Amor... Conquista... Superação... São os ingredientes desta trama. Mas o que duas pessoas tão distintas podem ter em comum? Uma história de amor irá começar. O Olhar da vingança os acompanhará. Entre eles esses dois sentimentos duelaram até a morte... Quem vencerá? Até onde tudo de fato pode ser perdoado? Esse julgamento começara agora, e você foi escolhido para dar o veredito. Culpado ou Inocente?

sábado, 25 de junho de 2016

Homem esquece filha por 4h no carro e tenta reanimá-la na geladeira


O americano Michael Thedford, pai de uma menina de 6 meses de idade, esqueceu a criança dentro do carro fechado e quente na cidade de Melissa, no estado do Texas, essa semana. A garota não resistiu e morreu, de acordo com informações da CBS.
Segundo a polícia, o professor de 33 anos havia deixado outras duas crianças na escola e vou pra casa descansar, mas confessou ter esquecido que a menina estava no carro. Ela ficou pelo menos quatro horas dentro do veículo e não resistiu.
A testemunha Fabiola Contreras, por sua vez, afirmou ao veículo que assistiu de sua casa a chegada dos paramédicos e do xerife do condado de Collin. Segundo ela, os pais da menina estavam desesperados.
“Os policiais estavam perguntando à mãe algumas questões e ela parecia que estava chorando. Estava devastada. Ele também, a abraçava e eles choravam juntos”, contou Fabiola, que mora na região.
No desespero, Thedford teria tentado resfriar o corpo da filha na geladeira, segundo informações da agência WFAA. Ele foi preso após confessar o crime e responderá por homicídio culposo.
Foto: Reprodução/CBS

Professora se veste de faxineira para dar uma lição nos alunos



Imagine chegar na escola e em vez da professora, encontrar uma faxineira na sala de aula.Isso aconteceu este mês no Instituto Federal Sertão Pernambucano, na zona rural de Petrolina, Pernambuco.
A professora de filosofia se atrasou por 20 minutos e deixou os alunos irritados. Até que ela entra na sala disfarçada de faxineira.Ela puxou papo com os alunos. “Primeiramente, perguntei qual aula era aquela. Me responderam que era filosofia. Foi então que perguntei: o que é filosofia?. Um dos alunos, que estava irritado, chegou a dizer que era uma coisa que inventaram para reprovar estudantes.”
Edenice Guedes, de 43 anos, só foi desmascarada quando a assessora de imprensa do instituto entrou na sala para tirar fotos a pedido da coordenação.
Motivo
A ideia de Edenise era provocar os estudantes: “Aqui na instituição, a equipe de limpeza é maravilhosa, mas os alunos passam, esbarram e nem veem. Chamei a atenção para isso”, conta.
“Naquela aula, expliquei a dificuldade que eles tiveram de me identificar dentro da sala. Na filosofia, o importante é ler o mundo em sua volta e perguntar como você quer ser percebido. Como docentes, a gente tem a necessidade de fazer o outro pensar. O desafio é esse. Aristóteles dizia que a verdade é o mundo que está a sua volta”, disse a professora que é formada em história e que dá aulas no ensino superior desde 2010.
Segundo Guedes, além da discussão, sua dinâmica foi para fazer os alunos se interessarem mais pela filosofia.Mesmo após revelar sua verdadeira profissão e de começar a falar sobre filosofia, alguns alunos ainda duvidaram.No fim da aula, uma das estudantes chegou perto da professora e disse que era “estranho vê-la vestida daquele jeito”.













Fonte:Yahoo Notícias


sexta-feira, 24 de junho de 2016

5 imagens sobrenaturais de fazer arrepiar os cabelos



Você pode até não acreditar em histórias macabras de almas penadas e assombrações. Mas, vai dizer que não existem imagens que supostamente mostram espíritos e espectros sinistros e que são de arrepiar os cabelos! 

1 – O fantasma no banco de trás

A foto foi clicada em 1959, pela britânica Mabel Chinnery. Ela havia ido visitar o túmulo da mãe, e o marido dela, o homem que aparece no banco da frente, resolveu esperar no carro. O retrato foi tirado quando ela já estava voltando, e a surpresa veio depois de Mabel mandar revelar o filme. O pior é que ela reconheceu a pessoa que aparece no banco de trás usando óculos escuros. Era mãe dela — a defunta que ela tinha isso visitar no cemitério!
Publicidade

2 – Sombras

Imagine que você está passando por uma estradinha à noite e, de repente você olha para os lados e vê uma porção de sombras de pessoas entre as árvores. Pois no Missouri existe uma estrada assombrada onde os moradores locais não só ouvem barulhos estranhos, como dizem ver diversas aparições. A foto que mostramos no vídeo foi clicada por uma equipe de investigação, e há quem acredite que as sombras são espíritos de crianças que foram mortas na região.

3 – O demônio no hospital

Essa foto sinistra foi registrada a partir do monitor de visualização de uma equipe de enfermagem, e ela supostamente mostra uma criatura horripilante sobre um paciente que acabou morrendo horas depois. Dizem que tudo não passa de equipamentos médicos, do suporte da cama e da perna do doente que foram capturados em um ângulo específico para formar o espectro demoníaco da imagem. Mas, né, você decide sobre a melhor explicação.

4 – O fantasma do vovô

A senhora da foto que mostramos no vídeo era a avó de uma mulher chamada Denise Russell, e o retrato foi clicado durante um piquenique em 1997. Algum tempo depois, a senhorinha morreu, e a família, anos mais tarde, enquanto examinava a foto, percebeu que havia um homem parado atrás da idosa. Acontece que no dia do piquenique não havia homem nenhum no local, e a família reconheceu o senhor. Ele era ninguém menos do que o avô de Denise, que havia morrido em 1984.

5 – A avó e a neta

A menininha da foto se chama Penny, e se você prestar atenção, vai notar que há uma pessoa parada atrás da criança. A imagem foi clicada com um celular não faz muito tempo, e a mulher que aparece no retrato com Penny é a avó dela, que morreu em 1990. Aliás, repare no vestido que a mulher tá usando nas duas fotos... é o mesmo!


E aí, se arrepiou?
FONTE(S) 

Caso Michael Jackson: as fotos que foram encontradas na casa do cantor


última terça-feira, o veículo Radar Online divulgou um boletim de ocorrência, relatórios e fotografias – até então desconhecidas do grande público – que detalhavam uma suposta coleção de pornografia infantil pertencente ao cantor Michael Jackson.
Segundo o veículo, “Michael Jackson escondia uma casa de horrores dentro do seu infame Rancho Neverland, onde armazenava pornografia, tortura animal e outros conteúdos pesados na tentativa de seduzir inocentes rapazes”.
Em comunicado, o comissário do condado de Santa Bárbara, na Califórnia, disse que o veículo não teve acesso aos documentos originais que foram usados como provas em 2005. Segundo ele: “Alguns dos documentos parecem ser cópias de relatórios escritos pela equipe da delegacia e fotos tiradas por esses mesmos funcionários, misturados com conteúdos que parecem provir da internet ou de outras fontes”.

A polêmica do documentário “Vivendo com Michael Jackson”

Em 2003, o jornalista britânico Martin Bashir exibiu pela primeira vez o documentário que fez com o rei do pop. Nele, o cantor deu a polêmica declaração de que dividia sua cama com crianças e apareceu de mãos dadas com o garoto Gavin Arvizo, de 13 anos, que, posteriormente, acusou o astro de abuso sexual.
Gavin Arvizo e Michael
Nesta época, o Governo norte-americano começou uma investigação que foi interrompida quando o garoto passou a negar o ocorrido. Meses depois, um psicólogo relatou aos responsáveis pela investigação que Gavin havia confessado ter sido molestado por Michael, fazendo com que a investigação fosse reaberta pela polícia de Santa Maria.

Quando os materiais foram recolhidos do rancho Neverland

No dia 13 de novembro de 2003, oficiais vasculharam a suíte principal do rancho. Os promotores procuravam indícios e recolheram livros e revistas que, segundo eles, seriam relevantes como provas circunstanciais sobre as intenções e os métodos usados pelo rei do pop para aliciar menores de idade.
Durante o julgamento realizado em 2005, os responsáveis pelo caso apresentaram provas alegando que havia impressões digitais do cantor e das supostas vítimas – Gavin e seu irmão mais novo – nos materiais.
Rancho Neverland
O veículo CNN chegou a divulgar que 12 impressões de Jackson teriam sido encontradas em oito revistas diferentes e que o adolescente e a criança envolvidos no caso também teriam tido acesso a esse conteúdo, comprovando que o cantor teria mostrado tal material para eles.

As fotos encontradas na casa de Michael não constituem “pornografia infantil”

Segundo a polícia, as imagens encontradas no rancho Neverland não eram, de acordo com a lei, consideradas pornografia infantil. Porém, existiam algumas fotografias de crianças nuas que, de acordo com o relatório policial, poderiam ser usadas como parte de um processo de “preparação” para reduzir a inibição das vítimas e facilitar o abuso sexual.
Essas fotos estavam em livros de fotografia, dos artistas Pere Formiguera e Simen Johan – fotógrafo que apresentava imagens sexualizadas utilizando corpos de adultos e rostos de crianças.

O julgamento

Thomas Mesereau Jr, líder da defesa do astro, difamou a mãe do adolescente Gavin Arvizo, afirmando que ela era “uma vigarista com um longo histórico de denúncias falsas” e teria forçado o filho a fazer tais denúncias contra o cantor.
O adolescente testemunhou, revelando que, durante o tempo em que ele e o seu irmão ficaram no rancho Neverland, dormiram na mesma cama de Michael e tiveram acesso a tais materiais. Além disso, ele afirmou que o astro o ofereceu bebidas alcoólicas, como rum, vodka, whisky e vinho, e que ele teria colocado as mãos dentro de sua calça e o tocado.
Michael durante o julgamento
A defesa, por sua vez, apontou algumas contradições no depoimento do garoto e mostrou que ele já havia negado o abuso anteriormente.
Durante o depoimento da mãe de Garvin, ela afirmou que o rancho do cantor era um “antro de bebidas alcoólicas, pornografia e sexo com garotos” e que teria sido mantida como refém por seguranças de Michael. No mesmo dia, ela foi acusada e afirmou ter usado o dinheiro que havia sido doado para o filho – doente na época – em benefício próprio.
"Aquelas são revistas para adultos. Qualquer pessoa pode possuí-las. Isso não prova a acusação."
Outras testemunhas disseram que ela era uma “lunática por dinheiro” e que os filhos tentavam de todo modo conseguir dinheiro e presentes.
O cantor foi absolvido e, em relação às fotografias encontradas em sua casa, o jurado Paul Rodriguez afirmou: "Aquelas são revistas para adultos. Qualquer pessoa pode possuí-las. Isso não prova a acusação."


Foto de menina negra comendo sozinha gera polêmica na África do Sul



Mosinyi Wanatsha recebeu uma foto de sua filha negra comendo sozinha, em uma pré-escola na Província de Gauteng, África do Sul. A imagem chamou atenção da mãe por a filha estar separada em outra mesa dos colegas de classe brancos.
No Facebook, Wanatsha afirmou que houve um racismo implícito na cena. “Embora cada país tenha seus desafios, nada te prepara o suficiente para uma experiência tão horrível como a que foi retratada nessa foto. Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras. Para mim, essa falou palavras mais horríveis e prejudiciais do que já experimentei em meus 34 anos de vida e nos três continentes em que já residi”, diz a mãe da menina.
Wanatsha mostrou a foto para autoridades locais, que investigaram a pré-escola. Segundo o diretor do instituição, havia oito crianças na turma no momento do incidente e que tinha outra menina lanchando com a filha de Mosunyi, mas ela teve que retirada da mesa por estar chorando bem no momento da foto.

Foto: Repórter Diário

Oi? Chineses solitários estão tendo relacionamentos românticos com bonecas em tamanho real


Cresce o número de homens solteiros da China que, em vez de carne e osso, preferem o silicone e iniciam relacionamentos românticos com bonecas em tamanho natural.
Atualmente existem mais de 50 modelos de bonecas bastante reais no mercado, desenhados para atender as preferências de cada cliente — as bonecas têm corpos, olhos e cabelos diferentes, e até mesmo variadas texturas de pele.
Quase todos os compradores dessas bonecas são homens, e alguns até mesmo estão se apaixonando por elas, dando-lhes nomes, personalidades e uma “alma” que combine com a sua.


Ver as imagens



Relacionamentos: Os homens estão tratando suas bonecas como seres humanos (CEN)




Ver as imagens

Amor: Song Bo trata sua boneca como se ela fosse uma filha (CEN)
No entanto, nem todos usam as bonecas para substituir uma namorada — Song Bo, um dos entusiastas de bonecas mais famoso de Beijing — comprou a sua depois de ter sido diagnosticado com um cisto na cabeça.
Ele afirmou que não quer correr os riscos típicos de um casamento, nem ter filhos, e em vez disso, ele agora trata a boneca como se fosse uma filha.
Song é visto com frequência passeando com sua “filha” — que custou mais de 7.500 reais — pelos parques e andando de metrô em sua cidade natal.
Zhang Fan, que tem 36 anos e trabalha como corretor na bolsa de valores da capital chinesa, é mais um proprietário que afirma que sua amiga de plástico não é apenas um brinquedo ou uma boneca qualquer, mas é, na verdade, a versão feminina dele mesmo.


Ver as imagens

Solteiros carentes: É cada vez maior o número de homens solitários que estão comprando bonecas para substituir os humanos (CEN)


Ver as imagens

Substitutas: É comum que os donos das bonecas lhes atribuam uma personalidade (CEN)
No entanto, os pais de Zhang ainda insistem em que ele se case com uma pessoa real e só lhe dão permissão para brincar com sua amiga, sempre que quiser, se ele prometer que vai tentar encontrar a garota ideal e se casar.
Mas ele não deseja assumir as responsabilidades próprias da vida de casado, tais como comprar uma casa, ou criar filhos — em vez disso, ele planeja passar sua vida com sua boneca.
Nem todos os homens planejam ter um relacionamento tão longo - Li Chen, de 58 anos, disse que sua boneca o ajudou a se manter jovem e cheio de energia após seu divórcio, há 12 anos. Ele diz ainda que ela o ajudou a preparar-se para um novo casamento — com uma mulher de 24 anos.
Figura acima: CEN
Fonte: Yahoo

Pedreiro adota mais de 100 crianças que seriam abortadas



Se você já ouviu falar em compaixão e solidariedade, veja a história deste homem, que é pai de mais de 100 crianças .O pedreiro vietnamita Tong Phuoc Phuc salvou a vida de dezenas de bebês que seriam abortados nos últimos anos.

Phuc abriu as portas da própria casa para que essas gestantes tivessem onde ficar e se ofereceu para adotar os bebês que elas não quisessem.Desde então, ele adotou mais de cem bebês que seriam abortados e conseguiu que, com o tempo, muitas dessas mães voltassem para buscar os filhos quando estivessem em melhores condições.
Todos os bebês que Phuc adota, se são meninos, tem o nome de Vihn (que significa “Honra”), e se são meninas, são chamadas de Tam (que é “Coração”).
O segundo nome é sempre o da mãe, ou da cidade de origem dela – caso a mãe retorne; e o sobrenome é Phuc, que é o dele, pois ele considera todos como seus próprios filhos.Ele diz que “essas crianças agora têm um lar seguro. Eu estou disposto a ajudar e a ensiná-las a serem boas pessoas”.
Como começou
Tudo começou em 2001, quando a esposa dele estava grávida e teve muitas complicações.
O parto foi difícil e Phuc conta que enquanto aguardava no hospital pela recuperação de sua esposa, viu que muitas mulheres entravam grávidas na sala de parto mas saiam sem nenhum bebê.
A princípio ele não entendeu, mas quando viu os médicos jogando os fetos no lixo, se deu conta do que estava acontecendo.
Ele se compadeceu e então pediu para levar esses corpos. Com todas as economias que tinha de seu trabalho como construtor, comprou um pequeno campo para poder enterrar os restos dos bebês que eram jogados.
No começo, sua esposa pensou que ele tivesse enlouquecido, mas ele continuou fazendo isso e atualmente já são mais de 10.000 fetos abortados que aí descansam.
Desde que ele começou a enterrar os corpos, mães pós-abortivas começaram a ir ao cemitério para rezar pelos filhos sepultados, mas também apareceram grávidas em risco de aborto que começaram a pedir ajuda a ele.
Começam ali as adoções deste pedreiro, que não pararam mais.
Adoção
Apesar de parecer cansativo, Phuc não pensa em parar de adotar bebês nesta situação.“Continuarei a fazer esse trabalho até meu último suspiro de vida, e encorajo meus filhos a continuarem ajudando outras pessoas desprivilegiadas,” conta o pedreiro.
Veja o trabalho de Phuc na página oficial dele no Facebook.
Foto: Reprodução facebook

Histórias aterrorizantes de bruxas e fantasmas em BH



Se você é desses que adora uma historinha mais aterrorizante, já se acomode onde quer que esteja pois o site Moon BH reuniu cinco contos, que segundo rezam as lendas, aconteceram na capital mineira.
Tem muita coisa de congelar a espinha, como por exemplo o caso da bruxa que amaldiçoou os governadores de Minas que moravam no Palácio da Liberdade -será por isso que eles mudaram pro Mangabeiras?
Ficou curioso ou com medo? Abaixo você confere as histórias:
  • Bruxa que mata governadores

Onde hoje está localizado o Palácio da Liberdade já foi a casa simples de uma bruxa que morava no Curral Del Rey antes dele se tornar Belo Horizonte.
Reza a lenda que essa bruxa lançou uma maldição dizendo que os governadores que ocupassem o Palácio morreriam dentro dele. Itamar Franco já chegou a declarar que sentia presenças estranhas dentro do local.
A história seria só mais um conto da carochinha se dois governadores não tivessem morrido dentro do Palácio, dando força ao boato. Faleceram lá: Silviano Brandão (1848-1902) e João Pinheiro (1860-1908).
Se não fosse o bastante, ainda morreram Raul Soares (1877-1924) e Olegário Maciel (1855-1933) enquanto ainda eram governadores e moravam no Liberdade, mas não propriamente dentro dele.
  • Loira do Bonfim


Nos anos 1950, uma lenda ficou super famosa em Belo Horizonte. Ela dizia que no bairro Bonfim, onde fica um dos cemitérios da capital mineira, um taxista uma vez fez uma corrida com uma mulher loira.
A moça pediu para o motorista do táxi levá-la até a porta do cemitério e depois de pagar a conta, saiu andando em direção aos túmulos e desapareceu!!!
Por vários anos essa lenda colocou medo em muitos marmanjos que corriam ao ver uma mulher loira andando sozinha pela região.
  • Fantasma do Pai da Sé


Esse fantasma não é muito de conversar com as pessoas de Belo Horizonte. Dizem que se você for na Rua do Ouro com Avenida do Contorno em alguma noite fria do mês de junho a meia-noite e meia, poderá ver o Fantasma do Pai da Sé.
Apesar de já terem "visto" ele, ninguém saber nada sobre sua história e nem o que especificamente ele quer. Especula-se que a alma penada foi um funcionário público no século XIX.

Fonte: Yahoo.com